terça-feira, Abril 08, 2014

Inspirações da cozinha #7

Desafiei a Sónia a partilhar aqui uma receita sua que me deixa a babar cada vez que olho para esta foto! 
Fiquei surpreendida pela facilidade da receita, acho que é a receita perfeita para recuperar esta rúbrica gulosa que anda tão parada!

Querem experimentar?


"O prazer da comida é o único que, desfrutado com moderação, não acaba por cansar!"


Anthelme Brillat-Savarin

Strawberry Chocolate Dream

Ingredientes

Massa folhada ( eu cortei em quadrados para doses individuais, mas podem fazer um grande e ai precisam de várias placas )
2 pacotes de natas
1 embalagem de chocolate de culinária

Modo de preparar

Fazer rectângulos com a massa folhada e levar ao forno.

Ganache de chocolate

Pegar num dos pacotes de natas à temperatura ambiente e colocar num tacho, levar ao lume até ferver, desligar. Juntar o chocolate e mexer bem até derreter tudo e ficar homogéneo. Reservar até arrefecer.

Bater o outro pacote de natas até fazer chantilly (eu uso ou natas vegetais ou em pó que montam bem)

Montar por camadas. Uma de massa, outra de chocolate com morangos ou outra fruta à escolha, mas massa folhada e chantilly e mais morangos, e fazer isto as vezes que quiserem.

Por fim poderão polvilhar com açúcar em pó ou uma geleia derretida em cima das frutas para dar um brilho.

segunda-feira, Abril 07, 2014

Alguém quer explicar??

A minha filha mais velha está de férias e por isso foi para casa dos avós. Na Sexta já deitada na cama e prestes a adormecer, a mais nova levanta-se de repente muito nervosa e me diz:

- A mana está a chorar porque quer a ti mãe!

Acalmei-a e lá adormeceu.

No dia a seguir chego a casa dos avós e dizem-me:

- Tens de conversar com a tua bichinha grande, ontem à noite fartou-se de chorar porque queria a mãe!

(depois não querem que eu me assuste com os amigos imaginários da mais nova? Agora até já adivinha coisas!)

domingo, Abril 06, 2014

Pareço normal.... Mas....

Na sexta feira acordei do contra e com vontade de fazer tudo o que me desse na real gana e sem querer saber de nada nem ninguém!

Peguei nos jeans rasgados e vesti-me.

Pensei para mim: - Quero lá saber que me olhem de lado no trabalho! Farta de preconceito! Vou muito melhor de calças rasgadas do que metade daquela gente que vai de roupa formal!

Acabei de me arranjar. Saí de casa. Peguei no carro. Andei 300 metros e voltei a casa para trocar de calças.

sexta-feira, Abril 04, 2014

Diz que é Sexta!

A vida é sempre tão complicada, confusa, às vezes encalhada, que quando "batemos" em acontecimentos simples e não programados, estes acabam por se tornar tão perfeitos que queremos que não acabem nunca. Queremos ficar assim mesmo, na felicidade daquilo que é descomplicado porque percebemos que é só aquilo que afinal nos faltava. Era só aquilo que queríamos e nem sabíamos.

A vida é sempre tão complicada, confusa, às vezes encalhada, que há pessoas que devem apenas conformar-se com aquilo que vão ter dela. Não podem nunca iludir-se com simplicidades, porque para essas pessoas até o que parece básico, acaba num profundo assunto incompreensível.

É fazer por sorrir, porque um dia a gente aceita e passa a doer menos. Um dia... 




sexta-feira, Março 28, 2014

Eu a pensar que só as mulheres faziam destas!

Estava a lanchar no bar, sentou-se um colega na minha mesa e deu-se esta conversa:

Ele - Esteve aí uma miúda há pouco, mesmo gira!

Eu - Ah foi? Mas cliente ou trabalha cá?

Ele - Veio a uma entrevista de estágio!

Eu - Ah! Então estás a torcer para que fique!

Ele - Não... quero lá saber... era gira, só...

Eu - Ah, ok.... mas olha lá, como sabes que veio a uma entrevista?

Ele - Eu estava ali a fumar, ela pediu-me informações e entrou. Quando eu acabei de fumar e entrei, subi com ela no elevador e vi que era mesmo gira! Desci e fui à recepção perguntar quem era!





quarta-feira, Março 26, 2014

Ansiedades, um rol de emoções...

Porque nem todos conhecem a história deste blogue e porque há uns tempos fui convidada por esta menina simpática a apresentá-lo no seu blogue, aqui vos conto como nasceu o "Ansiedades".

***
O meu blogue nem sempre teve este nome.

Nasceu da vontade de registar a cumplicidade, aventuras, desilusões e diálogos “nonsense” de 4 amigas. Quisemos chamar-lhe "O sexo e a ansiedade" e brincar com a famosa série que nos dizia tanto (a nós e à maioria das mulheres).

Os primeiros textos espelham o quanto nos divertimos com ele [podem ir ler, mas não me responsabilizo se ferir susceptibilidades]. A dada altura porém, ficou ao abandono e eu que sempre o adorei e que queria muito voltar a fazê-lo respirar, em vez de criar um novo face a mudanças na minha vida, alterei/adaptei o nome e consequentemente a temática. Mantive aquilo que sempre o caracterizou e que é uma das minhas características: O sentido de humor.

Passou a chamar-se “Ansiedades” porque assim sou eu:

Ansiosa por natureza, bem-disposta e desenrascada por opção. Apaixonada por cada detalhe. Uma pessoa de pessoas. A minha vida é isso mesmo, um rol de emoções!

O meu blogue é uma espécie de diário, confidente. Almofada onde deito a cabeça sempre que preciso e viajo. Onde sou quem me apetecer no momento. Onde sou feliz, onde brinco, onde falo das minhas filhas que são a minha vida, onde desabafo, onde digo aquilo que não quero ouvir.

Mas o meu blogue não é só meu. É de quem me lê e é por isso que o tenho sempre de páginas abertas e disponível para quem dele na altura precisar.

Se tivesse que mencionar apenas uma das coisas boas que me deu, diria sem hesitar que as pessoas que me foi trazendo fazem valer tudo!

sábado, Março 22, 2014

Como lembrar que é urgente tratar da depilação

Tenho sempre a minha filha mais nova como plateia enquanto tomo banho e hoje não foi excepção.

Reparo que está muito pensativa enquanto me olha, vá... de forma estranha diferente. De repente quebra o silêncio e diz isto:

- Ó mãe poquê tens esse bigode? Foi um sinhor que deu-te?

***

E agora vou ali a correr tratar do que tenho que tratar, sim?